Do início do ano até agora foram vendidos 537 mil veículos, ante 665,9 mil no mesmo período de 2014; neste mês, foram emplacados 97,3 mil

loja-conectada-vendas-veiculos-novos

O mercado de carros novos continua sem sinais de reação e acumula no ano, até a primeira quinzena de março, queda de 19,3% nas vendas em relação a igual período de 2014. No acumulado do ano, foram vendidos até agora 537 mil veículos, ante 665,9 mil em igual intervalo do ano passado.

Na primeira metade de março, foram emplacados 97,3 mil veículos, 7,5% menos em relação ao mesmo período de fevereiro. Em relação a março, os dados preliminares do mercado apontam para alta de 3,5%, mas o motivo é o menor número de dias úteis naquele mês, que teve o feriado de carnaval.

Levando-se em conta a média diária, as vendas neste mês caíram 27% ante igual período de um ano atrás. “O mercado automotivo mais que nunca depende da confiança dos consumidores e, em razão da instabilidade econômica e política, o que vemos é um resfriamento grande do ímpeto de compra”, afirma o sócio-diretor da consultoria GO Associados, Fábio Silveira.

A GO acredita numa possível melhora do mercado a partir do segundo semestre, mas insuficiente para reverter um cenário de queda para o ano. “Trabalhamos com uma redução de 9,2% nas vendas este ano, situando-se em 3,18 milhões de veículos.”

Silveira também acredita que os ajustes na mão de obra vão continuar. “A indústria precisa aumentar sua produtividade e não precisa do contingente atual para o volume de produção previsto.” Ele projeta 2,96 milhões de unidades, 6% abaixo de 2014. Nos dois primeiros meses do ano, o setor já demitiu 1.846 trabalhadores.

Fonte: Estadão.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *